07/06/2013 - VPA aposta em residenciais de luxo

Há 13 anos no mercado, a VPA Urbanismo e Construções se prepara para lançar mais dois empreendimentos. Especializada em loteamento de grandes áreas, a empresa vai colocar no mercado em breve o Blue Garden Sete Lagoas, na região Central do Estado. O empreendimento contará com 170 lotes e terá Valor Geral de Venda (VGV) aproximado de R$ 30 milhões. O segundo empreendimento é o Quintessence Savassi Residencial, prédio residencial desenvolvido em parceria com a construtora Valle Ribeiro que terá 42 apartamentos e será erguido no coração da Savassi, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Ele tem VGV calculado em R$ 50 milhões e representa o início da atuação da VPA no ramo de prédios residenciais. DIVULGAÇÃO Andrade: revitalização da Savassi valorizou em muito os imóveis na região Andrade: revitalização da Savassi valorizou em muito os imóveis na região O diretor de Novos Negócios da empresa, Marcelo Dantas Andrade, explica que o terreno, na rua Paraíba, entre as ruas dos Inconfidentes e Santa Rita Durão, já pertencia à VPA. "Tínhamos o terreno como forma de investimento e a opção de vender ou fazer um empreendimento. Como existe um mercado muito grande naquela região e o mercado de prédios residenciais é interessante para a gente atuar, decidimos fazer o edifício em parceria com a construtora Valle Ribeiro. Eles são os responsáveis pelas obras", diz. A expectativa é que o empreendimento seja entregue em 2016. O lançamento deve ocorrer em, no máximo, três meses. Dantas Andrade destaca também a localização do Quintessence Savassi Residencial. " um ponto ótimo. O prédio já está com muita procura mesmo antes do lançamento", observa. Ele lembra que as obras de revitalização da Savassi, concluídas no ano passado, valorizaram muito a região e aumentaram ainda mais o interesse da população em imóveis no local. "Além disso, o trânsito está cada vez mais caótico e é um luxo poder morar em um bairro no qual não há dependência de carro, pois tudo pode ser resolvido a pé, já que a região concentra várias opções gastronômicas, culturais, além de comércio de todos os tipos", afirma. O empreendimento terá 42 apartamentos de três quartos com suíte e duas coberturas duplex, além de área de lazer completa com piscina adulto e infantil, espaços gourmet e fitness, salão de jogos, sauna, salão de festas, espaço kids, dentre outros atrativos. O VGV está calculado em R$ 50 milhões. Interior - Em Sete Lagoas, a aposta da VPA é em um condomínio residencial de alto padrão com a marca Blue Garden. O diretor de novos negócios da empresa destaca que o município da região Central do Estado tende a crescer muito nos próximos anos. "Tem muitas empresas se instalando no município", lembra. Ele informa que a ideia de investir na cidade surgiu a partir de uma oportunidade de terreno a menos de um quilômetro da Arena do Jacaré. A área pertence à França Nogueira Holding, parceira da VPA nesse empreendimento. As obras já estão em fase avançada e a parte de urbanização deve ser entregue ainda neste ano. O clube, onde ficará toda a área de lazer, no entanto, será entregue até o meio de 2014. O lançamento também ocorrerá dentro de, no máximo, três meses. "Estamos fazendo um cadastro das pessoas interessadas pelo site do empreendimento. Já temos muitos cadastros e com certeza o empreendimento será um sucesso", diz Dantas Andrade. A expectativa é repetir o sucesso do Blue Garden Moinho, que foi lançado em Leopoldina, na Zona da Mata, no ano passado e comercializado em apenas três dias. O Blue Garden Sete Lagoas será totalmente cercado e contará com controle de acesso. Serão 170 lotes de 360 a 600 metros quadrados. A área de lazer terá piscina adulto e infantil, sauna, SPA, quadra poliesportiva, espaço gourmet com área de festa, espaço fitness, playground, salão de jogos e jardins com projeto paisagístico. O VGV será de R$ 30 milhões. Com os lançamentos do Quintessence Savassi Residencial e do Blue Garden Sete Lagoas, Dantas Andrade espera alcançar crescimento de 20% no faturamento da empresa neste ano na comparação com o exercício passado. Além dos dois novos negócios, futuros empreendimentos devem ajudar a incrementar a receita. No entanto, não há previsão de outros lançamentos ainda em 2013. Além de Minas Gerais, a VPA tem negócios no Estado do Rio de Janeiro. Ao longo de seus 13 anos de história, a empresa já lançou cerca de 20 empreendimentos. (JD)