Publicidade
20/10/2017
Login
Entrar

Negócios

12/10/2017

PUC Minas vai abrir 8º campus no Estado

Universidade será instalada no Csul, em Nova Lima, em um terreno de 98 mil metros quadrados
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Ao todo, A Csul investiu R$ 40 milhões, outros R$ 50 milhões estão previstos para 2018/Divulgação
O município de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), será sede de novas unidades da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e do Colégio Santa Maria. O anúncio aconteceu no início deste mês, por meio de assinatura de Protocolo de Intenções entre a Sociedade Mineira de Cultura (SMC), que administra as escolas, e a Csul Desenvolvimento Urbano, empresa que lidera um projeto de centralidade urbanística na região. O terreno de 98 mil metros quadrados foi cedido à SMC e a expectativa é de que as escolas comecem a operar em 2021. Entre os cursos que a PUC Minas poderá oferecer nesse campus está o de Medicina.

O diretor-presidente da Csul, Maury Fonseca Bastos, explica que a atração da universidade e da escola faz parte de um projeto de longo prazo da empresa, que pretende construir um conceito de centralidade urbana na Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima. Esse conceito inclui um planejamento territorial ordenado que reúne, em um só lugar, infraestrutura para morar, estudar, trabalhar, ter acesso à cultura e ao meio ambiente, reduzindo os deslocamentos para longas distâncias.

“Na área de educação já temos a Fundação Dom Cabral e duas escolas bilíngues: Colégio Seb e Maple Bear. O Colégio Santa Maria chega para complementar a oferta em educação básica e a PUC para acrescentar a educação superior, reforçando nosso compromisso de oferecer mais oportunidades à população da região”, diz. O diretor-presidente afirma que a presença da PUC ainda deve atrair empresas interessadas na formação de mão de obra no local, além de estudantes e pessoas em busca de emprego.

Segundo ele, o terreno onde a universidade e a escola vão operar tem 98 mil metros quadrados, sendo 43 mil metros quadrados de área verde. O terreno foi cedido à SMC por meio de um acordo de operação, que prevê a permanência das escolas no local por, pelo menos, 30 anos. O novo campus é o oitavo da PUC em Minas Gerais e a expectativa é de que ele ofereça cursos de graduação e pós-graduação. Segundo Bastos, entre os cursos que devem ser ofertados pelo campus está o de Medicina, seguindo uma das vocações da região na área de saúde.

Bastos afirma que a previsão é de que a universidade e a escola sejam construídas em cerca de quatro anos e inauguradas em 2021. Mas, para que isso seja possível, a Csul precisa terminar alguns processos de licenciamento, que dependem de burocracia governamental. “Esperamos encerrar o processo de licença prévia de todo o projeto da Csul até dezembro deste ano. Dessa forma, em janeiro, já podemos começar o processo de licença de implantação das áreas, sendo uma delas a da PUC e do Colégio Santa Maria”, detalha.

A PUC Minas foi procurada, mas não forneceu mais informações sobre o empreendimento, nem sobre o investimento que será realizado na estrutura das escolas.

CSul - O diretor-presidente da CSul afirma que, embora as operações ainda estejam sendo atraídas para a região, o projeto de centralidade já está em andamento com algumas empresas que já funcionam no local. Entre elas está a FDC e as escolas bilíngues; o Hotel Mercure e a Biomm, empresa mineira especializada na produção de insulina humana recombinante. O loteamento Costa Laguna também vai entregar, no próximo mês, um terreno com 600 lotes, quatro quadras de tênis, clube de convivência com salão de festa, espaço gourmet e academia.

Além disso, está em fase de licenciamento a construção do Shopping Iguatemi, que tem previsão de R$ 140 milhões de investimento e inauguração em 2019. Também está em construção um mall do Grupo EPO, que ficará na entrada do Alphaville e terá 29 mil metros quadrados. O projeto prevê, em sua primeira fase, a construção de quatro lojas âncoras, sendo três já definidas: o supermercado Super Nosso, a rede de cinemas CineArt e a Drogaria Araujo. A quarta loja provavelmente será uma operação de alimentação, que ainda está em definição.

Ao todo, A Csul investiu R$ 40 milhões no projeto de centralidade. Outros R$ 50 milhões estão previstos para 2018.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/10/2017
Eu sei que sou difícil: como conhecer suas limitações pode impactar o seu negócio
Ter um gênio difícil pode ser ruim para a convivência com as pessoas. Mas, acredite, é pior ainda para o crescimento da sua empresa
20/10/2017
Israel ganha uma startup a cada 8 horas
Possibilidades de conexão entre o país e Minas Gerais foram apresentadas e debatidas ontem em BH
20/10/2017
Pastelaria Marília terá opção fit em 2018
A tradicional pastelaria Marília de Dirceu, que completa 25 anos em novembro, está investindo R$ 400 mil em obras de expansão. Localizada na praça homônima, no...
20/10/2017
País precisa de mais investimentos
Setor contribui para o desenvolvimento e para a inserção no cenário internacional
20/10/2017
Excelência da Nippon é destaque em simpósio
O intercâmbio tecnológico Japão-Brasil promovido pela Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation (NSSMC) foi tema do painel “De uma Ponta a Outra”, parte da...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.