Publicidade
21/10/2017
Login
Entrar

Economia

17/06/2017

Grupo chileno Arauco negocia com a J&F para investimento na Eldorado

Reuters
Email
A-   A+
Santiago e São Paulo - O grupo florestal chileno Arauco, um dos maiores produtores de celulose do mundo, entrou em acordo de confidencialidade com a J&F para um possível investimento na Eldorado Brasil, informaram ambas as partes nesta sexta-feira.

Conforme uma fonte, que pediu para não ser identificada porque os termos do acordo ainda são confidenciais, a Eldorado Brasil também é alvo de interesse da Suzano Papel e Celulose e da Fibria, que estariam atraídas pela significativa redução de custos decorrente da aquisição.
Atualmente, a família Batista controla 81% da Eldorado por meio da holding J&F Investimentos, com o restante da empresa pertencendo a dois fundos de pensão. A Eldorado é um dos principais ativos da J&F colocados à venda, depois que os irmãos Joesley e Wesley Batista se envolveram em escândalo de corrupção.

Um prazo para apresentação de ofertas não estava claro, disse a fonte, embora a Arauco tenha feito no início desta semana uma proposta à família Batista pela sua participação na Eldorado. A fonte acrescentou que negociações exclusivas poderiam começar no fim de semana.

A dívida da Eldorado beira R$ 8 bilhões atualmente e credores da companhia estão pressionando a venda, afirmaram fontes à Reuters no mês passado.

A aquisição da Eldorado permitiria à Copec expandir as operações no Brasil, onde legisladores discutem facilitar a venda de terras a estrangeiros. Para produtores globais de celulose, a compra de terras no Brasil oferece vantagens estratégicas, dado que a produtividade do solo é maior que em lugares como Escandinávia e Chile.

Nesta sexta-feira, o jornal Valor Econômico reportou, citando uma fonte familiarizada com as negociações, que a oferta não vinculante da Copec avaliava a Eldorado em R$ 11 bilhões.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/10/2017
Indústria mineira projeta crescimento
Indicadores de renda e de inflação já favorecem o setor, que prevê aumento de 2% na produção neste ano
21/10/2017
PIB brasileiro volta a crescer em agosto, estima a FGV
Alta atingiu 0,2% no período
21/10/2017
Consumo de bens industriais no Brasil tem aumento de 2,5% em agosto
Rio - O consumo de bens industriais no País cresceu 2,5% em agosto ante julho, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Consumo Aparente da...
21/10/2017
Privatização pode onerar a indústria nacional
O alerta é do professor da UFRJ, Eduardo Costa Pinto, que propõe a abertura de capital das subsidiárias
21/10/2017
Cemig dispensa diretor, com previsão de novas substituições
Luiz Fernando Paroli estaria cotado para a presidência
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.