Publicidade
20/08/2017
Login
Entrar

Economia

17/06/2017

Grupo chileno Arauco negocia com a J&F para investimento na Eldorado

Reuters
Email
A-   A+
Santiago e São Paulo - O grupo florestal chileno Arauco, um dos maiores produtores de celulose do mundo, entrou em acordo de confidencialidade com a J&F para um possível investimento na Eldorado Brasil, informaram ambas as partes nesta sexta-feira.

Conforme uma fonte, que pediu para não ser identificada porque os termos do acordo ainda são confidenciais, a Eldorado Brasil também é alvo de interesse da Suzano Papel e Celulose e da Fibria, que estariam atraídas pela significativa redução de custos decorrente da aquisição.
Atualmente, a família Batista controla 81% da Eldorado por meio da holding J&F Investimentos, com o restante da empresa pertencendo a dois fundos de pensão. A Eldorado é um dos principais ativos da J&F colocados à venda, depois que os irmãos Joesley e Wesley Batista se envolveram em escândalo de corrupção.

Um prazo para apresentação de ofertas não estava claro, disse a fonte, embora a Arauco tenha feito no início desta semana uma proposta à família Batista pela sua participação na Eldorado. A fonte acrescentou que negociações exclusivas poderiam começar no fim de semana.

A dívida da Eldorado beira R$ 8 bilhões atualmente e credores da companhia estão pressionando a venda, afirmaram fontes à Reuters no mês passado.

A aquisição da Eldorado permitiria à Copec expandir as operações no Brasil, onde legisladores discutem facilitar a venda de terras a estrangeiros. Para produtores globais de celulose, a compra de terras no Brasil oferece vantagens estratégicas, dado que a produtividade do solo é maior que em lugares como Escandinávia e Chile.

Nesta sexta-feira, o jornal Valor Econômico reportou, citando uma fonte familiarizada com as negociações, que a oferta não vinculante da Copec avaliava a Eldorado em R$ 11 bilhões.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/08/2017
Cemig oferece R$ 11 bilhões para evitar leilão
Proposta de manter concessão de quatro usinas foi aceita pelo governo, desde que estatal apresente garantias
19/08/2017
Diminui o pessimismo entre os empresários em Minas, aponta Fiemg
Icei subiu em agosto, mas continua abaixo da linha do otimismo
19/08/2017
Comércio quer negociar com o governo mineiro a redução da carga tributária
Não bastasse o recuo do consumidor decorrente da crise econômica, o comércio sofre para lidar com a alta tributação em Minas Gerais. Desde 2016, quando o governo...
19/08/2017
BC registra avanço de 0,2% no Sudeste
Boletim Regional do banco aponta acomodação do cenário, com perspectiva de recuperação gradual
19/08/2017
Grupo ABC vai investir em Patos de Minas
Hipermercado deverá ser inaugurado até o início de 2018 e vai gerar aproximadamente 300 empregos
› últimas notícias
Cemig oferece R$ 11 bilhões para evitar leilão
Diminui o pessimismo entre os empresários em Minas, aponta Fiemg
Comércio quer negociar com o governo mineiro a redução da carga tributária
BC registra avanço de 0,2% no Sudeste
Federaminas difunde projeto de educação financeira em MG
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Desoneração da folha afeta a Previdência
BNDES aprova R$ 122,8 milhões para Instituto Senai
Rombo na Funcef é alvo de protesto
Cinco municípios geram empregos em Minas
Rio das Velhas atinge nível crítico de vazão
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.