Publicidade
16/08/2017
Login
Entrar

Economia

12/08/2017

DMA anuncia loja Mineirão em Varginha

Mara Bianchetti
Email
A-   A+
O Grupo DMA Distribuidora, dono da rede Epa Supermercados, sediado em Belo Horizonte, continua expandindo seus negócios para o interior de Minas Gerais. O grupo vai abrir mais uma loja da bandeira Mineirão, desta vez em Varginha, no Sul do Estado. Sob o modelo atacarejo, o hipermercado receberá investimentos da ordem de R$ 20 milhões e deverá entrar em operação no começo de 2018.

As informações foram confirmadas pelo prefeito de Varginha, Antônio Silva, que disse ainda que o novo empreendimento vai gerar cerca de 300 empregos diretos e mais de 800 indiretos.

O Grupo DMA anunciou a reabertura do tradicional e extinto supermercado Mineirão no fim do ano passado. Desde então, duas unidades já foram abertas: uma em Ipatinga, no Vale do Aço, e outra em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Além disso, há projetos para inauguração de lojas também em Barbacena, na região do Campo das Vertentes e Conselheiro Lafaiete, na região Central, mas nenhuma fonte da DMA foi encontrada para comentar os investimentos.

“O grupo nos procurou interessado em investir no município e o nosso apoio foi exclusivamente institucional. Assinamos o contrato nessa semana e é possível que as obras tenham início o quanto antes”, revelou Silva.

Segundo ele, a loja vai ser instalada em um terreno de 20 mil metros quadrados e terá cerca de 7 mil metros de área construída. Ao todo serão mais de 5 mil metros quadrados de área de vendas, 25 checkouts, 300 vagas de estacionamento, com sistema de refrigeração moderno com alta eficiência energética, melhor acondicionamento dos produtos e sem agressão ao meio ambiente.

Leia também:
Lucro líquido do Carrefour recua 3,4%


Benefícios - Em relação aos benefícios para a cidade, o prefeito afirmou que serão incontáveis. “O investimento significará mais impostos, mais investimentos, mais empregos, mais opções para o consumidor e comerciantes em geral. Além disso, vai propiciar aquecimento e fortalecimento do mercado de varejo alimentício na cidade, como também maior profissionalização e especialização da mão de obra na cidade e região”, enumerou.

Ainda segundo o prefeito, o interesse do grupo pela região se deu por uma série de motivos, como a infraestrutura oferecida pela cidade, bem como a localização e o potencial comercial. De acordo com Antônio Silva, planos de expansão com a abertura de novas lojas da mesma bandeira e também a chegada do Epa Supermercados poderão ser considerados em um futuro próximo.

“Hoje Varginha conta com algumas redes regionais e um supermercado da própria cidade. Com a chegada do Mineirão, o setor vai se expandir e a cidade só tem a ganhar”, concluiu.
O grupo - O DMA Distribuidora S/A possui atualmente 117 lojas, sendo 97 em Minas Gerais e 19 no Espírito Santo. Hoje está presente nas principais cidades mineiras, como Belo Horizonte e toda a RMBH, além de Governador Valadares, Teófilo Otoni, Conselheiro Lafaiete, Coronel Fabriciano, João Monlevade, Ipatinga, entre outras. O grupo conta com uma equipe de 13 mil colaboradores, dos quais 11 mil estão em Minas e 2 mil no Espírito Santo.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/08/2017
Caged: Minas é destaque na criação de empregos formais
Minas Gerais continua sendo destaque na geração de emprego formal para jovens de até 29 anos no País.  Recorte feito pelo Ministério do Trabalho e Emprego...
15/08/2017
Roubo de cargas onera toda a sociedade
Valor do frete embute custo maior com seguro que é repassado para o comércio e os consumidores
15/08/2017
Magnesita Refratários reporta prejuízo líquido de US$ 41,4 milhões
Resultado do semestre é atribuído a baixas contábeis e câmbio
15/08/2017
Balança tem superávit de US$ 873 milhões na segunda semana de agosto, aponta Mdic
Brasília - A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 873 milhões na segunda semana de agosto (7 a 13), segundo dados divulgados ontem pelo...
15/08/2017
Vale passa a ter o controle indefinido e afasta o fantasma de interferência governamental
Rio - Privatizada em 1997, a Vale entra agora em uma nova era, passando a ser uma corporation, isto é, uma companhia sem controlador definido. Isso passa a valer a partir da...
› últimas notícias
Caged: Minas é destaque na criação de empregos formais
Roubo de cargas onera toda a sociedade
Magnesita Refratários reporta prejuízo líquido de US$ 41,4 milhões
Corte a importações da Coreia do Norte é imposto
Balança tem superávit de US$ 873 milhões na segunda semana de agosto, aponta Mdic
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Roubo de cargas onera toda a sociedade
Receita da Pif Paf deve ir a R$ 4 bilhões
Vale passa a ter o controle indefinido e afasta o fantasma de interferência governamental
Magnesita Refratários reporta prejuízo líquido de US$ 41,4 milhões
Estado busca alavancar indústria criativa
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.