Publicidade
24/09/2017
Login
Entrar

Política

09/09/2017

Decretada prisão preventiva de Geddel

AE
Email
A-   A+
Alegação da Justiça é de que Geddel age de ?forma sorrateira?/Marcelo Camargo/ABr
Brasília e São Paulo - Ao decretar a prisão preventiva de Geddel Vieira Lima, o juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, destacou que o ex-ministro e ex-vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa age de “forma sorrateira”.

O peemedebista desembarcou em Brasília, às 16h de sexta-feira, de voo que partiu de Salvador, onde foi detido por suspeita dos crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Geddel foi preso na sexta, em desdobramento da Operação Tesouro Perdido. A Polícia Federal atribui a ele a propriedade da fortuna de R$ 51 milhões em dinheiro vivo encontrada em um apartamento no bairro da Graça, em Salvador.

O ex-ministro estava em regime domiciliar de prisão, em um imóvel situado a pouco mais de um quilômetro do “bunker” de R$ 51 milhões. No decreto de prisão de Geddel, o juiz federal assinalou que o ex-ministro nunca havia revelado a existência da dinheirama. “Ouvido pela autoridade policial e também por este Juízo (audiência de custódia) em nenhuma dessas oportunidades revelou que detinha esses valores, sequer trouxe qualquer indicação nesse sentido, de modo que reitera na atividade delituosa de lavagem de capitais e outros delitos de forma sorrateira, em estado de permanência, pois os valores estavam ocultos em um apartamento cuja finalidade era exclusivamente para guardá-los.”

O juiz federal assinalou, ainda. “Mesmo na remota hipótese de que os vultosos valores encontrados não sejam produtos diretos dos crimes ocorridos na Caixa Econômica Federal, o certo é que Geddel Vieira Lima estava em prisão domiciliar e tais fatos repercutem desfavoravelmente na situação do requerido, por incorrer em reiterada prática criminosa que dá ensejo à prisão preventiva para asseguramento da ordem pública, inclusive diante das provas que o apontam como dono ou possuidor dos valores.”

A defesa do ex-ministro informou que só vai se manifestar quando tiver acesso aos autos da Operação Tesouro Perdido.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/09/2017
Governo descongela R$ 12,8 bilhões
Contingenciamento é reduzido para R$ 32,1 bi para garantir cumprimento de meta
23/09/2017
Análise de Temer inclui ministros
CCJ julgará denúncia contra Padilha e Moreira Franco junto com a do presidente
23/09/2017
Peemedebista se defende em vídeo
Brasília - Depois de, na semana passada, desistir de fazer um pronunciamento para rebater a segunda denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, hoje o...
23/09/2017
Procurador é exonerado por Raquel Dodge
Brasília - A advogada Fernanda Tórtima, que atuou na negociação da delação premiada da JBS, é a mulher que recebeu informações de um...
23/09/2017
Liberação de R$ 1 bilhão para emendas
Brasília - O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, fez na sexta-feira uma defesa das emendas parlamentares Segundo ele, estes recursos são importantes para a...
› últimas notícias
Minas Gerais terá planta de grafeno até 2020
Planta da Mercedes em Juiz de Fora opera com estabilidade
Empresariado está mais otimista e Icei atinge o maior nível desde março de 2013, aponta CNI
Carrefour Brasil troca de presidente e anuncia a emissão de R$ 2 bi em notas
Unifei entre as mil melhores universidades do mundo
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Fiemg apresenta plano para o Alto Paranaíba
CCPR assume 100% de participação na Itambé
Elmo Calçados fecha acordo com credores e evita falência
Temer recebeu propina, afirma Funaro
Banco Central reduz as projeções para a inflação deste ano
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de September de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.