20/08/2018
Login
Entrar

Opinião

10/03/2018

Negociação não é jogo de esperteza

Marco Túlio Costa*
Email
A-   A+
A pergunta se faz necessária e posso explicar o porquê. Por razões culturais ou as mais diversas, muitas pessoas ou empresas acreditam que, para fechar um acordo, precisam adotar táticas de guerrilha, de intimidação.  Isso não é negociar. A experiência ao longo de muitos anos como executivo e também como professor desta matéria me convenceu de que não existe nem vitória nem derrota no ciclo da...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

18/08/2018
EDITORIAL
EDITORIAL | Gargalos esquecidos
18/08/2018
O Brasil nos trilhos
O Brasil não consegue crescer como a média dos emergentes. Mas, nas últimas décadas até 2011, o País cresceu pelo menos em linha com o mundo. Para muitos,...
18/08/2018
Historinhas do cotidiano (IV)
“As apostas da mega-sena se encerram às dezenove horas.” (Anúncio divulgado com frequência pela CEF) Œ Das informações propagadas pela...
18/08/2018
Previsão otimista para comércio exterior
Apesar das previsões pessimistas que têm cercado o comércio exterior brasileiro nos últimos tempos, as exportações País, em 2018, deverão...
17/08/2018
EDITORIAL
EDITORIAL | Números de uma guerra
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


18 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.