Publicidade
17/11/2017
Login
Entrar

DC Auto

27/10/2017

Ralis Mitsubishi têm etapa em São Paulo

Campos do Jordão recebeu os participantes para a penúltima prova do calendário desse ano
José Oswaldo Costa*, de Campos do Jordão (SP)
Email
A-   A+
Já havíamos participado de uma etapa do rali, organizado pela montadora japonesa, realizada em terras mineiras, no ano passado. Mais precisamente, na histórica cidade de Tiradentes.

Agora, foi a vez de conhecer as belas paisagens da Serra da Mantiqueira, que serviram de cenário para o rali de regularidade Mitsubishi Motorsports e para o de estratégia e tarefas, Mitsubishi Outdoor.

A etapa, penúltima da temporada 2017, foi realizada na cidade paulista de Campos do Jordão.

Da primeira vez, nossa participação no Mitsubishi Motorsports foi como piloto na categoria Light, para iniciantes. Agora, vivenciamos a experiência de ser navegador, na mesma categoria, e “desbravar” aquelas planilhas que, em um primeiro contato, parecem feitas em outra língua, com símbolos, muitas vezes, intrigantes.

Nada que em meia hora de prova, e muitos erros cometidos, não possa ser compreendido. Mas, a verdade é que se apanha bastante no início.

Em Campos do Jordão, as duplas enfrentaram um trajeto que passou pelos municípios paulistas de Wenceslau Braz, Itajubá, Piranguçu, Brazópolis e São Bento do Sapucaí, com altitudes que chegaram a mais de 1.800 metros.  

Para os competidores, foi uma ótima oportunidade de encontrar os amigos feitos durante tantas etapas do rali de regularidade. Afinal, muitos deles viajam o Brasil todo atrás do evento.

“Participo desde 2001 do Mitsubishi Motorsports. É um grupo muito competitivo, que vem do Brasil todo querendo ganhar. É ótimo encontrar os amigos e colocar o papo em dia. Fazemos o rali e depois conversamos sobre off-road”, brincou Weidner Moreira, procedente de Juiz de Fora (MG), que participou com o amigo Marcelo Juca na categoria Graduados em um Pajero Full.  

Além da categoria Light, o rali conta com mais três: Turismo, Graduados e Master. Para elas, a organização elaborou um trajeto especial, com a finalidade de tornar a etapa mais difícil e desafiadora.

Talvez venha daí nossa sensação de melhor compreensão da planilha: nosso trajeto era bem mais fácil!

L200 – Importante destacar que participamos do evento usando uma picape L200 Triton Sport HPE. Ela conta com motor 2.4 turbo diesel de 190 cv e câmbio automático de cinco marchas.

Esse motor leva a picape à velocidade máxima de 175 km/h. Com ele, Triton gasta cerca de 10,4 segundos para sair da imobilidade e atingir os 100 km/h.

O sistema de tração 4x4, muito utilizado por nós na prova, é acionado por meio de botão giratório no console central. A operação pode ser feita com a picape em movimento.
Em relação à antiga geração, nota-se o aprimoramento do conforto interno, bem como do seu acabamento. A picape utiliza materiais de qualidade e apresenta encaixes precisos das peças.

Sistema multimídia, volante multifuncional e ar-condicionado digital de duas zonas, por exemplo, estão presentes.

Algumas das medidas da L200: comprimento – 5,28 metros; largura – 1,82 metro; altura – 1,80 metro; entre-eixos – 3 metros; ângulo de entrada – 30 graus e ângulo de saída – 22 graus. O vão livre do solo é de 220 mm. A capacidade de carga útil é de 1.060 kg.

Mitsubishi Outdoor – As equipes dessa categoria, com estilo mais dinâmico e diferenciado, se reuniram na praça central de São Bento do Sapucaí (SP), onde foram distribuídos os passaportes e a lista de atividades e provas do dia.

Os participantes são divididos nas categorias Extreme, para os mais experientes, e Fun, para quem está começando. Eles exploraram a região de Cambuí, Gonçalves, Camanducaia e Monte Verde.

Entre as atividades encontradas pelos estava um rapel feito em uma cachoeira, escalada, trilha de bicicleta e, também, um trecho 4x4, onde eles puderam aproveitar toda a capacidade off-road de seus veículos da marca.

Além das atividades esportivas, os competidores conheceram uma plantação de morangos no meio da Serra da Mantiqueira.

“Conheci o rali há alguns anos e cada vez trago mais amigos e familiares. É um tipo de diversão diferente, que não se encontra em outro lugar. Por isso, ficamos ansiosos esperando o calendário sair para programar em quais etapas poderemos ir”, comentou Raul Guimarães, da categoria Fun.

A próxima etapa dos ralis será em Mogi Guaçu (SP), dia 25 de novembro. As inscrições poderão ser feitas no site: www.mitsubishimotors.com.br.

Os eventos de rali realizados pela Mitsubishi também são conhecidos pelo cunho social, uma vez que os participantes devem doar alimentos para a realização de suas inscrições.
Na cidade paulista, foram arrecadadas sete toneladas de alimentos. Além disso, 1.600 itens de higiene e 200 brinquedos. Tudo foi doado ao Fundo Social de Campos do Jordão.

*Com informações da HPE Automotores do Brasil

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/11/2017
Chevrolet apresenta a S10 100 Years
Versão limitada a 450 unidades, numeradas, utiliza motor 2.8 Turbo Diesel e câmbio de 6 marchas
17/11/2017
Jaguar XE 2018 chega ao mercado nacional com novas opções de motores e duas versões
O Jaguar XE chega ao modelo 2018 com a nova linha de motores Ingenium, totalmente desenvolvida pela Jaguar Land Rover. Os novos propulsores Ingenium são bastante leves e compactos,...
10/11/2017
Subaru Forester ganha nova versão de entrada
Linha do utilitário passa a contar com 3 opções
10/11/2017
Continental investe em segurança digital automotiva
A conectividade dos veículos já é uma realidade e novos sistemas estão sendo desenvolvidos para tornar os carros cada vez mais eficientes, autônomos e seguros....
10/11/2017
Motor Boxer 2.0, aspirado, rende 150 cv
O Forester L está equipado com o mesmo conjunto mecânico da versão intermediária da gama (Sport): motor Boxer 2.0 litros aspirado, com 150 cv de potência e torque...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.