Publicidade
26/07/2017
Login
Entrar

Negócios

19/05/2017

Beblue amplia presença no Estado

Meta da plataforma é chegar ao fim de 2018 com 20 milhões de usuários ativos no Brasil
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Atualmente, a Beblue conta com 600 mil usuários ativos e 4 mil estabelecimentos cadastrados na plataforma/Divulgação
O consumidor mineiro está ganhando, cada vez mais, opções de compra com a vantagem de cashback. Entre as empresas que atuam nesse segmento no Estado, a paulista Beblue (www.beblue.com.br) vem se destacando com o aumento de usuários na capital mineira e com planos de expansão para, pelo menos, mais cinco cidades mineiras ainda este ano. Com menos de seis meses de atuação em Minas Gerais, a Beblue, que até então só oferecia cashbak para compras em estabelecimentos físicos, também começa a planejar sua operação no varejo on-line.

A empresa chegou ao Estado primeiro pelo interior, abrindo operação em janeiro deste ano em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Dois meses depois, a Beblue abriu seu escritório regional na Savassi, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, onde tem crescido rapidamente. De acordo com o sócio-fundador da empresa, Daniel Gava, atualmente são 203 mil usuários ativos em Belo Horizonte, que acessam o aplicativo, em média, sete vezes ao dia.

O sócio não abre o número de estabelecimentos cadastrados na Capital, mas afirma que a expectativa é cadastrar 15% de todos os estabelecimentos da cidade que estejam dentro da atuação da Beblue. Entre os estabelecimentos estão salão de beleza, farmácia, posto de gasolina, restaurante e supermercado.

O sócio comemora o resultado em Belo Horizonte e acredita que a evolução está ligada ao potencial da ferramenta e também da capital mineira. “Acredito na força do produto e no fomento que ela traz para o varejo local. Mas também acredito que esse resultado tem a ver com o potencial econômico de Belo Horizonte”, analisou. Gava faz questão de frisar o interesse da empresa no Estado e adianta que, ainda este ano, a Beblue chegará a mais cinco cidades mineiras, sem detalhar quais.

Ao ser questionado sobre a concorrência no segmento de cashback em Minas Gerais, o sócio destacou que a atuação da Beblue é diferenciada, tendo em vista que a empresa atua com um propósito de beneficiar não só os usuários, mas também o varejista. De acordo com ele, esse é, inclusive, o motivo de a empresa não oferecer a opção de retirada do dinheiro devolvido nas compras. Para a Beblue, a ferramenta é uma “carteira on-line”, que beneficia os usuários, mas que também mantém o fluxo de compras nos estabelecimentos.

“Ainda oferecemos aos comerciantes uma ferramenta inteligente que coleta dados sobre o cliente. Isso é interessante porque o varejista passa a entender quem é o seu consumidor, o que facilita ações direcionadas”, diz. Segundo ele, a Beblue também planeja ampliar sua atuação para o mundo on-line. Ele destaca que o e-commerce cresce substancialmente em todo o mundo, o que torna o segmento atrativo para empresa. Ele não sabe precisar quando isso acontecerá, mas garante que a construção de uma plataforma de venda online está nos planos da empresa.

Atualmente, a Beblue conta com 600 mil usuários ativos e 4 mil estabelecimentos cadastrados na plataforma. A meta do sócio é chegar ao fim de 2018 com 20 milhões de usuários ativos e 120 mil estabelecimentos cadastrados. Neste mês, a empresa subiu mais um degrau rumo a essa meta, tendo chegado aos mercados de Brasília, Goiânia, Rio de Janeiro, São Paulo e São José do Rio Preto.

A Beblue oferece tecnologia para pagamento em pontos físicos com cashback para os clientes. Para receber o dinheiro de volta basta que o cliente baixe o aplicativo da marca e cadastre seu CPF. Depois, no momento da compra, ele informa que vai pagar com Beblue e pode efetuar o pagamento com cartão de crédito ou débito das bandeiras Visa e Mastercard. Para finalizar ele precisa apenas digitar seu CPF na máquina e já recebe parte da compra de volta em sua conta.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

26/07/2017
Valmont investe R$ 4 milhões em Uberaba
Fabricante de irrigação mecanizada, empresa norte-americana vai modernizar parque de máquinas
26/07/2017
Unimed-BH agora vende planos de saúde para pessoa física na web
De olho no perfil do cliente cada vez mais conectado, a Unimed-BH investe em mais um recurso on-line para aumentar a presença no mercado de planos de saúde. A empresa está...
26/07/2017
Quando um criativo em construção precisa virar um empreendedor pronto
Os desafios de usar o que você tem de melhor para criar negócios de impacto ? mesmo que para isso precise largar a caneta e abrir o Excel.
26/07/2017
Com 52 aos de mercado, Guiatel adere ao movimento de digitalização
O advento da internet e dos smartphones parecia ter decretado o fim das antigas listas de telefones e guias comerciais impressos, já que qualquer pesquisa está à...
26/07/2017
Precon recebe certificação inédita no País
Empresa mineira é a 1ª do setor reconhecida no regimento SiAC 2017 com zero não conformidades
› últimas notícias
MRV planeja atingir marca de 500 mil unidades em 10 anos
Cemig se esforça para impedir leilão de suas usinas
AGU rebate argumentos de juiz do DF
TCU adverte Dyogo Oliveira sobre meta fiscal
Temer não considera a possibilidade de mexer no déficit deste ano
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Mineração: Setor ganha hoje novo marco regulatório
Drogarias e cosméticos têm expansão em BH
Festival apresentará iguarias de sete regiões do Estado
Gasmig projeta expansão do mercado
Inovação: Censo vai mapear ecossistema em Uberlândia
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› DC RH
Reforma 'é benéfica', avaliam especialistas
'Jornada intermitente é polêmica'
10 mudanças importantes para o mercado
Gestão de carreira: Cuidar da imagem pessoal abre oportunidades
TI e RH: entenda os benefícios dessa união
Leia todas as notícias ›
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


26 de July de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.