Publicidade
20/09/2017
Login
Entrar

Agronegócio

29/04/2017

Moagem de cana deve cair 4% em Minas Gerais na safra 2017/18

Porém, produção de açúcar deve ser recorde
Michelle Valverde, de Uberaba*
Email
A-   A+
A tendência é de que na safra 2018/19 haja incremento significativo no volume a ser processado/
A moagem de cana-de-açúcar em Minas Gerais deve recuar 4% na safra 2017/18, com o esmagamento de 61 milhões de toneladas. A queda se deve ao crescimento da área de renovação dos canaviais. Apesar disso, a tendência é de que a produção de açúcar, por mais um ano, cresça e atinja o volume recorde de 4,1 milhões de toneladas. Já a produção do etanol será menor. Entre os desafios para o ano estão os preços do açúcar, que iniciaram o ano-safra em queda, e a importação crescente de etanol norte-americano. O lançamento da safra 2017/18 de cana-de-açúcar aconteceu na última sexta feira, na Fazenda Santa Vitória, em Uberaba, no Triângulo.

De acordo com o presidente da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (Siamig), Mário Campos, a recuperação dos preços dos produtos oriundos da cana-de-açúcar permitiu que as empresas retomassem parte dos investimentos, que foram feitos, principalmente na renovação dos canaviais. Este ano, a área de moagem é de 802 mil hectares, retração de 4%. Já a área de renovação cresceu 24%, somando 168 mil hectares.

“As expectativas para a safra que se inicia são boas. O ano passado foi de recuperação, com preços adequados tanto para o açúcar, como para o etanol. Esses preços refletem para o produtor rural que investe. O ano passado foi de renovação dos canaviais. Por isso, a área de moagem cai e reflete em menor produção”, explicou Campos.

Com a renovação ganhando espaço em 2016, o volume de cana voltada para o esmagamento ficará 4% menor na safra 2017/18, mas a tendência é de que na safra 2018/19 haja incremento significativo no volume a ser processado.

No Estado, onde estão instaladas 34 usinas, 20 já iniciaram a safra. Das 61 milhões de toneladas de cana a serem esmagadas, 52% serão para a produção de açúcar. A expectativa é fabricar 4,11 milhões de toneladas, volume que, se alcançado, será recorde e 3% superior aos 3,98 milhões de toneladas obtidas na safra anterior.

Leia também
Siamig estima recuo de 12% na oferta de etanol


O incremento se deve ao ingresso das usinas Vale do Pontal, em Limeira do Oeste, e da Bioenergética Aroeira S/A, em Tupaciguara, ambas no Triângulo, na produção. Antes as unidades eram voltadas somente para o etanol.

O diretor financeiro da Bioenergética Aroeira S/A, Gabriel Feres Junqueira, explica que foram investidos R$ 50 milhões na fábrica de açúcar, que neste ano produzirá 100 mil toneladas voltadas totalmente para a exportação. “Apesar da queda nos preços, o mercado do açúcar é interessante para a diversificação da empresa, que antes fabricava apenas o etanol”, explicou.

O ingresso da Usina Vale do Pontal na produção de açúcar ocorre após a aquisição da unidade, antes somente de etanol, pela Companhia Mineira de Açúcar e Álcool (CMAA). Foram investidos R$ 80 milhões na instalação da fábrica de açúcar e a expectativa é produzir 60 mil toneladas do produto na safra 2017/18.

“As expectativas são muito boas em relação à safra, os preços do açúcar estão melhores que os do etanol e, por isso, esperamos resultados positivos”, disse o presidente do Grupo CMAA, Carlos Eduardo Turchetto Santos.

Preços - Em relação ao mercado para o açúcar, 2017 está menos atrativo que o ano anterior, em função do recuo dos preços no mercado internacional. Enquanto no ano passado os contratos mantiveram uma média de R$ 1,2 mil a R$ 1,3 mil a tonelada de açúcar, neste ano o valor já recuou para R$ 1 mil a tonelada.

“Os preços do açúcar estão em queda e a paridade em relação ao valor do etanol está mais próxima, o que poderá refletir em uma produção maior do biocombustível na próxima safra. Neste ano, a produção do açúcar será maior pelo ingresso de duas unidades na produção. Se não fosse isso, o volume ficaria estável”, disse o presidente da Siamig, Mário Campos.

*A repórter viajou a convite da Companhia Mineira de Açúcar e Álcool (CMAA) e da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (Siamig)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/09/2017
Produtores mineiros buscam mais recursos
Em julho e agosto foram desembolsados R$ 3,72 bi, aumento de 34% frente ao mesmo intervalo de 2016
20/09/2017
Sistemas agroflorestais mantêm polinizadores
Áreas com sistemas agroflorestais (SAFs) biodiversos são capazes de contribuir para a conservação das abelhas sem ferrão, conforme resultados obtidos por...
20/09/2017
Comissão fará diagnóstico das condições logísticas no País
Brasília – Na última semana, foi apresentado na reunião da Comissão Nacional de Infraestrutura e Logística da Confederação da Agricultura e...
19/09/2017
Produtores contestam pesquisa do IBGE
Para a Faemg, a previsão de uma safra de 26,41 milhões de sacas em Minas Gerais é superestimada
19/09/2017
IMA abre campanha de recadastramento
O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) iniciou ontem campanha de recadastramento dos criadores de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e equídeos. O recadastramento é...
› últimas notícias
Usiminas reajustará preços em 10,2%
Setor deve mudar o foco dos investimentos
Iace tem alta de 0,7% em agosto, aponta a FGV
MP para repactuação de concessões é publicada
BR Food cogita reduzir produção em fábricas de Uberlândia
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Minas se distancia da recessão
Fapemig aguarda até 16 de outubro os projetos de pesquisa para o Queijo Minas Artesanal
Compre Certo planeja ampliar atuação no interior do País
Reino Unido estreita, ainda mais, parceria com Fiemg Lab
Arranjos Produtivos Locais em Minas vão receber investimentos personalizados
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


20 de September de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.