20/08/2018
Login
Entrar

Negócios

24/09/2015

Investir globalmente é tendência

Daniela Maciel
Email
A-   A+
Marcello Reis explica que planejamento é essencial/Divulgação
A retração da economia brasileira, valorização do dólar e as crescentes oportunidades no cenário internacional fazem com que as empresas intensifiquem os debates sobre projetos de investimentos globais. As pequenas e médias empresas (PMEs) também podem fazer parte desse grupo. Porém, com estruturas bastante enxutas e voltadas para a sua atividade-fim, buscam essa alternativa muito mais por um senso de oportunidade do que como parte de um planejamento estratégico.

De acordo com o gerente de Desenvolvimentos de Negócios da UHY Moreira, Marcello Reis, o planejamento é essencial para o sucesso da empreitada que envolve desde aspectos culturais até o conhecimento de barreiras protetivas de cada governo. "As PMEs não têm a robustez para se aventurar em um mercado estrangeiro sem o suporte de uma empresa especializada. As assessorias têm informações críticas aplicáveis aos negócios e são capazes de orientar e implementar o plano de negócios com assertividade", explica Reis.

Uma estratégia comum é a entrada no novo mercado por etapas. O primeiro passo pode ser a implantação de um escritório de representação, depois a instalação de um mercado próprio com mão de obra local terceirizada até que uma unidade completa seja montada. "Assim, a empresa pode ir medindo e mitigando os riscos. Outra opção é começar por mercados mais próximos, com realidades econômicas e culturais mais próximas, como os nossos vizinhos sul-americanos", exemplifica o gerente de Desenvolvimentos de Negócios da UHY Moreira.

A alternativa, porém, não pode ser vista como a solução para a criação de novas fontes de receita no curto prazo. O processo de internacionalização demora, em média, entre seis meses e dois anos. Mercados desenvolvidos como Estados Unidos e Europa são mais seguros. Outros, como os países africanos, costumam oferecer boas oportunidades, entretanto são indicados para empresas de grande porte, capazes de lidar com intempéries políticas e insegurança jurídica.

"Existem outros objetivos tão importantes como as novas receitas em um processo como esse. O acesso a novas tecnologias e a participação em hubs de logística mundiais são alguns dos exemplos", aponta o especialista.

Também é preciso lembrar que a internacionalização exige uma série de providências e prestação de contas aqui no Brasil. Um profissional capaz de ser o elo entre as duas legislações é fundamental. Dentro disso contadores e auditores bilíngues ganham mercado no País. "Começar através de uma empresa já estabelecida pode ser um bom caminho.  preciso antecipar os fatores burocráticos e essa é uma solução mais simples. As PMEs podem utilizar mecanismos que parecem muito sofisticados, mas que na verdade são podem ser ferramentas para empresas de qualquer porte ou setor. Os tratamentos tributários benéficos, como as offshores, são um exemplo", completa.



Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

18/08/2018
Lar Imóveis investe em tecnologia
Empresa tem plano de aportes de R$ 2,5 milhões neste ano em transformação digital
18/08/2018
Congresso em Uberlândia deve girar R$ 40 mi
Mais de 5 mil pessoas são esperadas na segunda edição do Congresso Internacional de Tecnologia, Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade (Cities), que...
18/08/2018
Empresários portugueses visitam polo da Capital
A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) quer atrair investidores para diversificar a economia de Belo Horizonte, especialmente nas áreas de inovação e...
18/08/2018
Empresas devem buscar a reinvenção no mundo atual
Tecnologia provoca mudanças
18/08/2018
Livros contam a história de Cícero Ferreira
Acontece nesta segunda-feira, no Salão Nobre da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o lançamento da biografia do fundador da Faculdade de Medicina de...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


18 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.