17/04/2014 - Ale usa ônibus escola para capacitação no local de trabalho

A falta de tempo e as longas distâncias, muitas vezes, impedem que muitos profissionais busquem por qualificação. Ciente de que são os profissionais de atendimento os primeiros responsáveis pela imagem da empresa perante o público final, a distribuidora de combustíveis Ale criou o projeto Ônibus Escola. São dois ônibus adaptados que percorrerão cidades nos estados do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, na região Nordeste, e Região Metropolitana de Belo Horizonte e Vale do Aço, em Minas Geais. De acordo com a gerente de educação corporativa e qualidade da Ale, Mariana Weffort Bertini, o projeto consumiu investimentos de R$ 2,1 milhões. "Essa é uma ação voltada para as revendas. Ela faz parte da nossa política de recursos humanos à medida que se integra ao desenvolvimento de uma cultura de capacitação da cadeia produtiva. O ônibus é uma ferramenta para chegarmos aos colaboradores dentro do seu ambiente de trabalho. Acreditamos que se somarmos os conhecimentos de cada um vamos criar uma cultura positiva em que a informação circula e se completa", explica Mariana Bertini. A previsão é capacitar 4.160 pessoas por ano. O ônibus possui espaço interno de 16,5 metros quadrados e é dotado de modernos equipamentos que reproduzem um ambiente pedagógico, com infraestrutura necessária para facilitar o processo ensino-aprendizagem. A capacidade é para 18 alunos, incluindo espaço reservado para cadeirante, que terá acesso ao ambiente por uma plataforma elevatória adaptada. "Esse projeto também tem um cunho social pois podemos oferecer em alguns lugares vagas para a população. Muitas vezes não percebemos que essas atividades não são simples e têm uma série de detalhes e conhecimentos extremamente técnicos, além de exigir uma postura comportamental muito comprometida. Existem, sim, possibilidades de progressão na carreira, mas para isso é preciso qualificação. Conhecemos histórias de quem começou como lavador de carro e chegou à gerência de posto", aponta a gerente. Neste primeiro momento serão oferecidos cursos de "Excelência de Atendimento" e "Venda de Lubrificantes", todos com quatro horas/aula cada. O primeiro curso foi desenvolvido em parceria com a Ponto de Referência, consultoria de gestão e estratégica de atendimento. O segundo foi internamente. O objetivo é trabalhar em ciclos de treinamento. Ao final do primeiro ano os conteúdos serão reavaliados podendo ser substituídos e a área geográfica aumentada. " importante salientar que os cursos foram desenvolvidos a partir de conhecimentos que temos aqui. Partimos de pesquisas para escolher os temas e nossa equipe se dedicou a conversar com os frentistas e conhecer suas necessidades. Acreditamos no desenvolvimento pela educação e que as empresas tem um papel determinante na formação e qualificação dos seus colaboradores e da cadeia produtiva se quiserem se manter competitivas", analisa.