01/03/2014 - CSN registrou lucro de R$ 533,994 milhões em 2013

São Paulo - A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) reportou, na sexta-feira, lucro líqüido de R$ 533,994 milhões em 2013, ante prejuízo de R$ 480,574 milhões em 2012. Mas, no quarto trimestre, apurou prejuízo líqüido de R$ 487,096 milhões, revertendo o lucro líqüido de R$ 316,137 milhões visto em igual intervalo do ano anterior. No terceiro trimestre do ano passado, a empresa havia apresentado um lucro de R$ 503 milhões. O prejuízo líqüido de R$ 487,096 milhões não estava sendo projeto pelo mercado. A média da projeção de cinco instituições financeiras consultadas pela reportagem (Citi, Credit Suisse, Goldman Sachs, Itaú BBA e JPMorgan) apontava para um lucro líqüido de R$ 413,6 milhões no período. O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do período de outubro a dezembro ficou em R$ 1,756 bilhão, alta de 43,7% ante o quarto trimestre do ano anterior. Na comparação com o terceiro trimestre do ano, o Ebitda subiu 6,3%. No acumulado do ano passado, o Ebitda foi de R$ 5,404 bilhões, alta de 19,24%. A geração de caixa medida pelo Ebitda de R$ 1,756 bilhão veio 17% acima da médias das estimativas, que era de R$ 1,5 bilhão. A margem Ebitda ainda no trimestre passado foi de 32%, ante 27% no quarto trimestre de 2012 e de 31% ante o terceiro trimestre de 2013. A receita líquida consolidada, por sua vez, atingiu R$ 4,949 bilhões no quarto trimestre do ano passado, alta de 7,6% na relação anual e de 6,2% na trimestral. No ano, a receita ficou em R$ 17,312 bilhões, crescimento de 13,7%. (AE)