Publicidade
22 de dezembro de 2014
Área do Assinante
Entrar

Economia

Cemig mantém operação de São Simão com liminar

Empresa recorreu ao STJ contra indeferimento da prorrogação do prazo de concessão
As usinas de Jaguara, São Simão (foto) e Miranda respondem por 45% da capacidade de geração de energia da concessionária mineira/Divulgação
A exemplo de Jaguara, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) obteve liminar no mandado de segurança impetrado junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra decisão do Ministério de Minas e Energia que indeferiu a prorrogação da concessão da usina hidrelétrica de São Simão. Com a decisão, a concessionária mineira poderá manter a geração da usina, em um momento em que o preço da energia no mercado livre se encontra em patamares elevados. No caso de Jaguara, há quatro votos a favor da União e dois a favor da Cemig, e dois ministros ainda não votaram. A decisão final, que servirá de referência para os demais contratos, deve sair nos primeiros meses do próximo ano.

Indicadores

IBOVESPA

+2.38%

49650 pts

Dow Jones

+1.69%

17356 pts

Nasdaq

+0.54%

4774 pts

S&P 500

+2.04%

2012 pts

Dólar

R$2.657

+0.09%

Euro

R$3.25

-0.67%

Libra

R$4.155

-0.43%

Iene

R$0.022

-0.35%
Fechamento do dia 19 de dezembro de 2014. Cotações de venda das moedas.

DCMais

Jornais impressos têm maior credibilidade

Pesquisa brasileira de mídia, divulgada pela Secretaria de Comunicação da...

Aconteceu há 50 anos *20/12/1964*

Governo recua e não financia o 13º salário para indústria

MEC classifica nível de 27 cursos de medicina como "insuficiente"

Dados do Conceito Preliminar de Curso (CPC), indicador de qualidade dos cursos de ensino superior...

 
© 2014 Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.