Publicidade

Economia

Indústria fatura menos e eleva a ociosidade no primeiro semestre

Estudo da Fiemg mostrou que o setor automotivo foi a maior influência negativa
O parque automotivo mineiro registrou queda de 24,9% da utilização da capacidade instalada e reduziu o emprego em 11,1%/Fiat/Divulgação
O faturamento da indústria mineira avançou em junho, mas no acumulado do ano o setor continua perdendo receita, empregos e com ritmo de produção baixo. De janeiro a junho, foi registrada queda de receita de 11,9% em relação ao mesmo período de 2015. Nesta mesma comparação, o nível de emprego caiu 9,8% em 2016. O setor que mais influenciou negativamente no resultado foi a cadeia automotiva, que acumulou queda de 43% no faturamento em relação ao mesmo intervalo de 2015. Conforme já informado pela própria Fiemg, a cadeia automotiva representa em torno de 20% do Produto Interno Bruto (PIB) do parque industrial mineiro. O levantamento apontou que o indicador de estoques de produtos finais atingiu 46,5 pontos em junho, caindo pelo terceiro mês seguido e chegando próximo à linha dos 50 pontos, mas ainda sem corresponder no aumento de produção.

Indicadores

IBOVESPA

-0.33%

56.667 pts

Dow Jones

-0.09%

18.456 pts

Nasdaq

+0.3%

5.154 pts

S&P 500

+0.16%

2.17 pts

Dólar

R$3.28

Euro

R$3.63

Libra

R$4.32

Iene

R$0.03

IPCA IBGE

0.35%

IPCA IPEAD

0.83%

IGP-M

1.69%

Fechamento do dia 28 de julho de 2016. Cotações de venda das moedas.

Espaço de Entidades e Associações

DCMais

Pontos turísticos de MG serão destacados durante a Olimpíada

A Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur) planejou algumas ações...

CURTAS DC Mais

Senilo Dutra no Jazz Convida O projeto “Jazz Convida”, idealizado pelo...

Agenda Cultural

TEATRO Musical – O espetáculo “AUÊ”, da...

 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.